FAIXAS DO DISCO
| 01. Tô de Olho
| 02. Deixa Falar
| 03. Me Faz Sonhar
| 04. Volta Pra Mim
| 05. Perfeita Alquimia
| 06. Razão de Viver
| 07. Vem Cá Nego
| 08. Hora Exata Boca
| 09. Essa é Pra Você
| 10. Banho de Felicidade
| 11. Uns e Alguns
TÔ DE OLHO
Ana Costa / Bianca Calcagni / Agrião

Tô de olho nesse nêgo, tô de olho nesse nêgo
Vem pra roda vem sambar
Tô de olho nesse nêgo, tô de olho nesse nêgo
Vem pra roda vem sambar

Eu quero ser a primeira a te provar
Que o samba verdadeiro rola solto pelo ar
Ele não tem endereço, muda sempre de estação
No boteco ou no terreiro, tira um gosto, uma paixão
Se a cozinha tem tempero vai ganhar seu coração

Vem pra roda, vem pra roda, vem sambar
Que é hora da gente se libertar
Quero mais que um sorriso no rosto
Deixa pra trás o desgosto
Que um bom samba te faz delirar

Mas é que o samba neguinho é nossa religião
Tem que chegar miudinho deixando se envolver
Pela energia que nos toca e essa vontade de querer
Vem cá benzinho tô de olho em você

Tô de olho, tô de olho nesse nêgo amor
Tô de olho, tô de olho quero o seu amor
Tô de olho, tô de olho nesse nêgo amor
Tô de olho nesse nêgo, tô, tô, tô
DEIXA FALAR
Ana Costa / Bianca Calcagni / Alceu Maia

Deixa falar quem quizer, venha sambar quem puder
E mostra como é que é o tal do samba no pé

O samba é maneiro é só balançar
Chega mais, vem pra cá
Que a ginga é perfeita no som do tan-tan
Vem iôiô, vem iáiá
De dia, de noite, não escolhe lugar
Nem tem hora marcada
Remexe sinhô, remexe sinhá
Que a roda tá formada
E é na palma da mão que o pagode comeã a ferver
E é pra valer que o samba acontece
Pandeiro, repique, cavaco, violão
Todo mundo cantando o refrão
Esquecendo as tristezas da vida

Vem sambar, sambar!
Vem cantar, cantar!
Quem canta seus males espanta, então vamos lá!

O refrão é assim: ôô ôô
Outra vez pra firmar: ôô ôô
Todo mundo cantando o refrão
E batendo na palma da mão ôô ôô ôô
ME FAZ SONHAR
Marcelo Guimarães / Alceu Maia

Chega de mansinho, bem devagarinho
Me dizendo coisas que eu quero ouvir
Vem falando sério, cheio de mistério
Pra me confundir
Me ganha no papo, com aquela conversa
De que não tem pressa pra me consquistar
Finjo que não quero,
Mas não vejo a hora
De me entregar

Pega a minha mão
Pra começar a brincadeira
Me abraça
E me namora a noite inteira
Me beija
Me faz feliz dessa maneira
Me faz sonhar
Me arrasa, me domina, me vira a cabeça
me chama de princesa, diz que sou a tal
Libera as loucuras do nosso desejo
Tempera o nosso beijo com gosto de sal
Na hora do amor, me curte igual cerveja
Me bebe, me deseja, me faz delirar
Ah, meu amor,
Eu quero teu carinho, quero te amar
VOLTA PRA MIM
Flávio Cardoso / Serginho Procópio

Não sei o que fiz pra merecer
Só não queria te dizer
Triste é perder um grande amor por nada
Só não consigo esconder
Que ainda gosto de você
Não há quem faça eu te esquecer por nada
Ainda sinto o teu sabor
Um gosto de primeira vez
Era tão doce o nosso amor
A emoção não se desfez

Preciso tanto ter você entre meus braços
Volta pra mim
A tua ausência fez meu coração em mil pedaços
Volta pra mim
Pedi a Deus do céu
Fiz juras e promessas pra você
Volta pra mim
E esperei esse momento só pra te dizer
Volta pra mim
Te amo muito meu amor
PERFEITA ALQUIMIA
Ana Costa / Bianca Calcagni

Nas voltas do mundo surgiu você
É minha guia, meu sussegi, que magia!
Vem me enchendo de felicidade
Perfeita alquimia
Vem me enchendo de felicidade
Perfeita alquimia

Foi chegando, conquistando de mansinho
Me envolvendo, me encantando com jeitinho
E hoje me vejo assim
Que bom que a felicidade mudou pra junto de mim

No começo parecia brincadeira
Mas com o tempo fui ficando de bobeira
E Hoje me vejo assim
De quatro por esse amor eterno até o fim

Passo o dia inteiro a me lembrar
Do imenso brilho em seu olhar
É bom te ter, te namorar
Quero esse amor eternizar
RAZÃO DE VIVER
Ana Costa / Bianca Calcagni

Por que
A gente não para pra pensar em nós dois
O mundo parece tão frio
Já é hora da gente se entregar com amor
vem realizar meus desejos verdadeiros
Sentir meu corpo inteiro e muito mais
Conversando é que a gente se entende de vez
Não sei mais ficar sozinha
Quando lembro do seu jeito meigo no olhar
É aí que eu não posso parar de sonhar

Que encontrei um grande amor de verdade
A ilusão se tornou realidade
Vem amar, amar
Tudo faria pra te ter comigo
Já não me basta ter você só como meu amigo
Vivo pensando em você
Minha razão de viver
VEM PRA CÁ NEGO
Martinho da Vila / Roque Ferreira

Vem cá meu nego, vem, vem, vem
Vem cá meu nego vem cá, vem cá
Vem cá meu nego vem cá, vem, vem
Vem pro samba que a roda
É de samba de roda vem sambar também

Que bom te ver meu amor
Que bom te ver

Tava esperando você
E agora que você chegou
Exala na roda de samba
Seu cheiro e seu calor

Paó, paó, firma aí, paó, paó
Paó, paó, firma aí, paó, paó

Depois que a gente sambou, meu amor
Eu não sei mais sambar só

Abre a roda
Eu não sei mais sambar só
Vem chegando
Requebrando
Miudinho
Eu não sei mais sambar só
Umbigada
Eu não sei mais sambar só
Bate coxa
Eu não sei mais sambar só
Solta a franga
Eu não sei mais sambar só
Para o samba que eu não sei mais sambar só
HORA EXATA
Arlindo Cruz / Jorge David

Ah! Se eu soubesse a hora exata do amor chegar
Eu poderia me preparar
Mandava arrumar o chalé
Com a flor mais bonita da primavera
Quem dera!
Ah! Se eu soubesse a hora exata do amor chegar
Eu poderia me preparar

Quem diria Maria Dolores de tantos amores
Agora é feliz
Recebeu de presente o presente
Passado é passado virou cicatriz
E Dolores Maria que jurou um dia
A doce magia do amor resistir
Agora não vive em paz
Sofre por amar demais
Se a gente soubesse o momento certo
A hora exata do amor surgir a gente podia então fugir
ESSA É PRA VOCÊ
Ana Costa / Bianca Calcagni

Fica, fica mais um pouco
A noite tá tão linda
Fica mais bonita com você por perto
Fica mais um pouco
Vem sambar comigo
Vem cantar comigo
Essa é pra você

Seus olhos são dois diamantes
Um par de brilhantes
Me inspuram me fazem sonhar
Sonhar
Tudo sei mas faço que não sei
Pra poder me chegar e assim me entregar pra valer
Pra valer
Me leva pro lado de lá
Me ensina me diz o que eu tenho a fazer
Pra poder te ganhar
Ao menos uma vez
Me tira o juízo
Não vou te enganar eu quero você pra mim

Vem sambar juntinho me fazer feliz
Você é o tipo que eu sempre quis
BANHO DE FELICIDADE
Wilson Moreira / Adalto Magalha

Pra tomar um banho de felicidade
É só chegar nos pagodes da cidade
Ponto de encontro com os pagodeiros
E com alegria ter o reencontro
Do partido alto ao samba verdadeiro
Tudo isso nos pagodes da cidade

Só assim é que consigo esquecer o dessabor
Só assim esqueço as marcas desse amor
São raros momentos de grande prazer
Que até dá tempo da gente esquecer
E ver que ainda é fácil ser feliz
Pra tomar um banho de felicidade
E renovar as amizades
Só nos pagodes da cidade
UNS E ALGUNS
Jorge Aragão / Flávio Cardoso

Quando canto meu canto encanta
De quebra levanta a bandeira do amor
Meu enredo é bem diferente
Semeia a semente que acaba com a dor
Pelos cantos de toda cidade
Bambeia à vontade meus verso e refrão
Uns me chamam de samba no pé
E alguns de partido na palma da mão
Na palma da mão, na palma da mão

O meu passo é conforme
O compasso que faço e desfaço
No laço do amor
Quem me compra não vem com dinheiro
Que eu sou é ándeiro com som de tambor
Pelos cantos de toda cidade
Bambeia à vontate
Meu verso e refrão
Uns me chamam de samba no pé
E alguns de partido na palma da mão
Na palma da mão, na palma da mão

Sou do banjo e também do cavaco
Guerreiro mulato pedaço de chão
Se eu quiser fico todo metido
Bemol sustenido pro meu violão
Pelos cantos de toda cidade
Bambeia à vontade
Meu verso e refrão
Uns me chamam de samba no pé
E alguns de partido na palma da mão
Na palma da mão, na palma da mão