FAIXAS DO DISCO















FILOSOFIA DE VIDA
Martinho da Vila / Marcelinho Moreira / Fred Camacho

Meu destino eu moldei
Qualquer um pode moldar
Deixa o mundo me rumar para onde eu quero ir
Dor passada não me dói e nem curto nostalgia
Eu só quero o que preciso pra viver meu dia a dia

Pra que reclamar de algo que eu não mereço
A minha razão é a fé que me guia
Nenhuma inveja me causa tropeço
Creio em Deus e na Virgem Maria
Encaro sem medo os problemas da vida
Não fico sentado de pernas pro ar
Não há contratempo sem uma saída
Pra quem leva a vida devagar

Meu destino eu moldei
Qualquer um pode moldar
Deixa o mundo me rumar para onde eu quero ir
Dor passada não me dói e nem curto nostalgia
Eu só quero o que preciso pra viver meu dia a dia

Que o supérfluo nunca nos falte
O básico para quem tem carestia
Não quero mais do que eu necessito pra transmitir minha alegria

SOU O SAMBA
Ana Costa / Jorge Agrião

Quero mandar um recado que pra ser ouvido não faço esforço
Eu sou a trilha sonora que tá na voz desse povo
E vou na veia de todo sambista não saio do imaginário
Mudaram o meu cenário
Mas tô aí bem de novo
Não esqueço do meu passado
Já comovi tanta gente
Andei e de passo a passo
Também inspiro o presente
Preparo então meu futuro
Mas sem juízo final
Eu não deixo furo, não durmo no ponto e mando um sinal
Nos braços da poesia
O mal então se desfaz
O povo numa euforia com a bandeira da paz
Sou o samba e vou me armando com surdo e pandeiro
No quintal, na rua, no chão brasileiro
No grande terreiro eu sou popular
Sou o samba ninguém vai tolher a minha alegria
Que encanta de noite ou na boca do dia
Eu quero respeito em primeiro lugar
HOJE É O MELHOR LUGAR
Ana Costa / Zélia Duncan

O tempo vai passar
A ferro, a fogo, a limpo
Toda tristeza que sinto
Minha alegria eu não finjo
Sei que ela vai voltar
Dentro de um balão colorido
E eu vou voar bem alto, sorrindo
O sorriso mais bonito que você já viu passar

O vento vai bater no rosto
E a vida vem cheia de gosto
Pra gente saborear
O que passou tinha de ser
O que vai ser quem saberá?
Hoje é o melhor lugar
Este exato momento é a única coisa que eu tenho
O resto é resto
O resto é fumaça

Me beija, me abraça
Tô viva, tô pronta, tô cheia de raça
Me beija, me abraça
Tô viva, tô pronta, tô cheia de graça

MAIS FELIZ
Tuninho Geraes / Paulinho Resende

Nós fomos feitos um pro outro de encomenda
Como a chave e a fenda
Como a luva e a mão
O nosso amor é Kama Sutra e juventude
É demais, parece um grude
Corpo, alma e coração

Sinceramente amor, eu tenho que me beliscar de vez em quando
Pra ver se é verdade ou estou sonhando
Se a gente assim sempre se quis
Quem pode então ser mais feliz?
Eu me confesso literalmente em suas mãos apaixonada
Noutro planeta eu fui sua namorada
Essa paixão entre nós dois é coisa lá de Deus

Cuida de mim
Porque você é o mais real dos sonhos meus
No temporal você é o meu farol de milha
Meu sol não brilha sem a luz dos olhos teus

PERDEU
Ana Costa / Mu Chebabi

Vou chegando
Que hoje já é sexta feira, ninguém tá de bobeira
Vou chegando
Eu olho pra você, avanço
Danço, o leão é manso

Saio de casa pra te ver você vai ser meu
Eu já bebi, você bebeu
Mais um cristão com o leão no Coliseu
Quem paga as minhas contas sou, sou eu
Eu já bebi, você bebeu
Eu vim pra ganhar, perdeu

Você não tem pra onde correr vai ter que rebolar
Vai ter que me falar no ouvido, me fazer dançar
Vem me dar um jeito, eu quero acreditar
Que você ta me levando quando eu te levar

Vou chegando, eu peço licença ao santo
Tenho pecado tanto
Vou chegando, para te enquadrar na cena
Sua pele morena

QUEM ME DERA
Silvão Silva / Silvio Serra

Quem me dera, quem me dera, quem me dera amor
Fossem chuvas de verão
Gotas pra molhar o teu sorriso
Tanto me importa
Um lindo olhar a me guiar

Pros teus lábios os meus desfrutar
Quem me dera poder revelar
Com clareza o amor de nós dois
Nossos corpos molhados de prazer
Num ninho de amor adormecer
Quem me dera

FOGO SEM A CHAMA
Alemão do Cavaco / Wanderlei Monteiro
Participação Especial: Moyseis Marques

Dizem por aí
Que a paixão tem validade
Navego na verdade
Que o amor é para a eternidade
É fato que o início arde feito um vulcão
Mas o tempo, a temperança, equilibram a emoção
Amadurece o sentimento que se renova a cada dia
E faz de cada momento o descobrir de uma alegria

Quando nos unimos
Foi o corpo, foi a alma
Foi reverso de um trauma bem longe do banal
Pois a busca carnal é um fogo sem a chama
Justifica e enfraquece a paixão que se derrama
O resultado prevalece
É a recompensa de um drama
Um coração que não se ama

NO BAR
Serginho Procópio / Evandro Lima

No bar a gente leva a vida
No bar a gente passa a hora
O bar é o melhor lugar pra gente se encontrar
O ponto de referência é o bar

No bar a gente esquece as tristezas
No bar a gente afoga as mágoas
Tem sempre quem diz que vai embora
E fica até o fechar do bar

No bar se conquista alguém
O bar traz recordação
No bar tem um coração
No bar pra chorar e pra sorrir
Conversar no bar
Pra cantar, se divertir
A gente adora um bar

AS COISAS QUE MAMÃE ME ENSINOU
Leci Brandão / Zé Maurício

A mãe da gente é um caso diferente
Muito mais que comovente que não dá pra comparar
O que eu sei é que tudo o que eu sou
Simplesmente é o resultado das coisas que mamãe me ensinou
Das coisas que mamãe me ensinou…

Carne assada que se preza tem que ter aquela cor
Se não quer, manda embora, mas não faça hora com o seu amor
Um bom dia, boa tarde, com licença, por favor
Tudo isso é o resultado das coisas que mamãe me ensinou
Das coisas que mamãe me ensinou…

Quando o bicho ta pegando é melhor não se expor
Na aflição faça uma prece pra Deus Pai, nosso Senhor
Pra um forte resfriado só limão com cobertor
Tudo isso é o resultado das coisas que mamãe me ensinou
Das coisas que mamãe me ensinou…

Vê se pega esse menino e leva logo pro doutor
Não tem cama mais quentinha que coberta de amor
Quando bate ela chora, lá no fundo sente a dor
Tudo isso é o resultado das coisas que mamãe me ensinou
Das coisas que mamãe me ensinou

SE VOCÊ FOR COERENTE
Arlindo Cruz / Zeca Pagodinho

Se você for coerente comigo
Eu sempre vou te dar meu ombro amigo
Mesmo que esteja correndo perigo eu te darei meu abrigo
Se não seguir o caminho que eu sigo
Olha que a vida te dá um castigo
E separando o joio do trigo
Pode sofrer que eu não ligo

Se não cumprir as promessas que faz
Eu não confio em você nunca mais
Mesmo vestido de Cristo sempre será Barrabás
Enquanto eu ando pra frente
Você certamente vai ficar pra trás

Tenho esperança num mundo melhor
Sei que não vai ser em vão meu suor
A vida está amarga, mas eu sei comer jiló
Só colhe o bem quem semeia
Eu tenho a certeza que Deus é maior

O BRILHO DO SEU OLHAR
Marcelinho Moreira / Fred Camacho / Rogê

Quando você chegou somou a sua à minha vida e me mudou
E o meu mundo então passou a ser maior
A gente acreditou, a gente se envolveu e se misturou pra valer
O que já era bom ficou muito melhor

Agora vem meu dengo, me abraça forte, me faz um chamego
Tira o meu sossego, me leva contigo pra qualquer lugar
Quero seu calor, quero me enroscar, quero aconchego
E não é segredo, a gente veio ao mundo para se amar

O amor que você me deu, ninguém vai poder tirar
A vida é você e eu
E a lua pra iluminar
Vem me guiar no breu feito um farol no mar
Foi Deus quem me concedeu o brilho do seu olhar

PESO E MEDIDA
Alceu Maia / Zé Katimba

O nosso amor é coisa tão bonita
Canto de sereia em alto mar
Uma canção que faz a gente se entregar
Luzes que se espalham pelo ar
É brisa leve, é calor que espanta o frio
É sonhar

É peso e medida
Beco sem saída
É fome é comida
Jeito de perdão
É cumplicidade
A nossa verdade
É felicidade em forma de canção

CANTADOR DA FELICIDADE
Leandro Fregonesi / Chico Donadoni

Eu sou cantador da felicidade
Todo canto da cidade vai ouvir o meu cantar
E vou com amor e liberdade
Até mesmo a saudade hoje vai se alegrar

De tristeza eu não falo por que
Não é minha razão de viver
É que eu ganho meu pão meu Senhor
Com a alegria que Deus me mandou
O meu canto é
É lição de amor
E a beleza da vida me fez cantador

O meu canto ecoa no ar
Vai no vento e nas ondas do mar
Leva a paz seja lá onde for
Pra curar qualquer tipo de dor
O meu canto é
É lição de amor
E a beleza da vida me fez cantador

POR UM DIA DE GRAÇA
Luiz Carlos da Vila

Um dia, meus olhos ainda hão de ver
Na luz do olhar do amanhecer
Sorrir o dia de graça
Poesias, brindando essa manhã feliz
Do mal cortado na raiz
Do jeito que o mestre sonhava
O não chorar
E o não sofrer se alastrando
No céu da vida, o amor brilhando
A paz reinando em santa paz

Em cada palma de mão, cada palmo de chão
Semente de felicidade
O fim de toda a opressão
O cantar com emoção
Raiou a liberdade

Chegou o áureo tempo de justiça
Ao esplendor, do preservar a natureza
Respeito a todos os artistas
A porta aberta ao irmão
De qualquer chão, de qualquer raça
O povo todo em louvação
Por esse dia de graça

O QUE É, O QUE É
Gonzaguinha

E a vida
E a vida o que é diga lá meu irmão
Ela é a batida de um coração
Ela é uma doce ilusão
Mas e a vida
Ela é maravida ou é sofrimento
Ela é alegria ou lamento
O que é o que é meu irmão

Há quem fale que a vida da gente é um nada no mundo
É uma gota, é um tempo que nem dá um segundo
Há quem fale que é um divino, um mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor
Você diz que é luta e prazer
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer, pois amada não é e o verbo é sofrer
Eu só sei que confio na moça e na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der ou puder ou quiser
Sempre desejada por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte
E a pergunta roda e a cabeça agita
Fico com a pureza da resposta das crianças
É a vida, é bonita e é bonita

Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser um eterno aprendiz
Eu sei que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita e é bonita!